NO ÂMBITO DA INTRODUÇÃO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

UNIVERSIDADE SAVE ( UNISAVE) CONCEDE ENTREVISTA À TVM


A Vice-Reitora da UniSave, Profa. Doutora Catarina Tivane Nhamposse, concedeu hoje, 12/04, uma entrevista à TVM sobre a introdução, no presente ano académico, do curso de licenciatura em Medicina Veterinária.Questionada sobre Vice Reitoraa motivação para introdução do curso, a dirigente estratificou a resposta em 2 perspectivas:

PONTOS FORTES
- O facto das províncias de Gaza e Inhambane serem as maiores detentoras do efectivo de gado ao nível do país;
- O alto potencial para o desenvolvimento Agro-pecuária;
- Existência, no Norte da província de Gaza, de zonas de pastagens ricas em proteínas que propiciam um bom desenvolvimento animal.

 

PONTOS FRACOS
- Qualidade baixa da espécie bovina mais predominante ( landim);
- Sazonalidade dos pastos agravados pelas mudanças climáticas e que propiciam a ocorrência de surtos;
- Poucos médicos veterinários e técnicos zootécnicos. É daqui derivante a cadeia de valor pouco funcional ao nível do país.

Portanto, estes desafios tornaram-se para a UniSave uma oportunidade para desenvolver a ciência e transferência de tecnologia através da formação.

Para que este desiderato seja alcançado, foi produzido um currículo com componente de extensão animal muito forte, no qual 85% de actividades são práticas, o que se vai traduzir na formação de técnicos que respondam eficazmente aos problemas no maneio sanitário, alimentar e nutricional apresentados na produção pecuária, particularmente nas zonas rurais.

Estrategicamente, a UniSave fez visitas aos distritos para socializar, por um lado, a introdução do curso, bem como criar sinergias para a operacionalização do curso, visto que é nos diferentes distritos que as práticas terão lugar.

Porque a TVM-Gaza está se preparando para o lançamento oficial da Migração Digital, à académica foi-lhe questionado sobre as expectativas em relação a esta transição, tendo, primeiramente, parabenizado à Televisão por estar a cumprir com o processo de Migração Digital que tem como finalidade a melhoria da qualidade do sinal da emissão e melhoria na qualidade dos conteúdos. Apontou ser sua expectativa
a cobertura de conteúdos académicos, como uma forma de tornar a academia cada vez mais próxima dos cidadãos, traduzindo-se na melhoria de vida das populações, afinal, os conhecimentos gerados estão e devem estar direccionados para a resolução dos diversos problemas sociais existentes nas comunidades.

Esta entrevista pode ser integralmente acompanhada na tarde da Sexta-feira, 16/04.

UniSave: Qualidade e Excelência

GCC- UniSave

Reitoria | UniSave Sede

Estrada Nacional Nº1, Parcela nº76
Distrito de Chongoene, Gaza – Venhene

  • dummy (+258) 879018714 

    dummy gcc.unisave@gmail.com

 

 

EXTENSÃO DA MAXIXE

Av Américo Boavida s/n - CP12

Maxixe - Inhambane

 (+258) 293 - 30 354

www.up-maxixe.ac.mz

EXTENSÃO DA MASSINGA

Av. FPLM - Bairro Cimento

Massinga - Inhambane

 (+258) 293 71110

secretariaunisavemassinga@gmail.com

© Copyright UNISAVE 2021. Desenho & Desenvolvimento por Direcção de TIC da Universidade Save

Search